Trancos & Barrancos




















TRANCOS & BARRANCOS
T.B Diversões Ltda - TB 010
Rock - 1980


Faixas:
Lado A
01 - E Se Vier ?

Lado B
02 - Meu Amigo Cão

Etc e Tal





















ETC E TAL
ODEON - S7B 748
Rock - Folk - 1974


Faixas:
Lado A
01 - Lembrar De Te Esquecer

Lado B
02 - Entardecer Na Minha Cidade

Luciana de Moraes




















LUCIANA DE MORAES
TOP TAPE - 501.6023
Rock - Blues - 1980


Faixas:
Lado A
01 - Bicho Papão

Lado B
02 - Blue Encarnado

Odacyr




















ODACYR
SHOWART - CS 1001
Folk - Rock - 1982


Faixas:
Lado A
01 - Cigana

Lado B
02 - Pro Que Der E Vier

Adilson Luiz & The Crazy Boys




















ADILSON LUIZ & THE CRAZY BOYS
PROMODISCO - GPD 006
Beat - 1968


Faixas:
Lado A
01 - Feiticeiro

Lado B
02 - Rosas vermelhas


The Brothers





















THE BROTHERS
X4 - CS 001
Beat - Garage - 1967



Faixas:
Lado A
01 - Vou Pensar Um Pouco

Lado B
02 - Tentando Lhe Esquecer

Os Brasas




















OS BRASAS
MUSICOLOR - LPK 20.145
Beat - Garage - 1968


Faixas:
Lado A
Faixas:
01 - À Distância
02 - Beija-me Agora
03 - Um Dia Falaremos de Amor
04 - Quando o Amor Bater na Porta
05 - Meu Eterno Amor
06 - Que Te Faz Sonhar Linda Garota

Lado B
07 - Pancho Lopez
08 - Ao Partir Encontrei Meu Amor
09 - Benzinho NÆo Aperte
10 - Tema Sem Nome
11 - Não Vá Me Deixar
12 - Sou Triste Por Te Amar



Uma das melhores bandas dos anos sessenta, Os Brasas, de Porto Alegre, ainda não conta o com devido reconhecimento na história do rock brasileiro. Talvez por isso, seu único disco, batizado apenas com o nome de ‘Os Brasas’, e lançado em 1968, pela gravadora Musicolor/Continental, ainda permaneça inédito, apesar de ser um dos mais bem acabados lançamentos daquela década, inclusive com uma das capas mais modernas de sua época. Além de um repertório de grande qualidade, a banda contava com ótimos instrumentistas.
No disco, pela primeira vez, está presente um perfeito ‘crossover’ entre o rock inglês, a psicodelia e a Jovem Guarda, antecipando, de certa forma, a linha mestra da construção da sonoridade do rock gaúcho. Não de graça, o disco abre com 'A Distância', uma ótima versão para 'Oriental Sadness', original dos Hollies, além de outras canções com orientação 'beat', como 'Benzinho Não Aperte', ‘Beija-me Agora’, ‘Pacho Lopez’ e a garageira ‘Não Vá Me Deixar’, que poderia dar aos Brasas o título de primeira ‘guitar-band’ do Brasil, e que já deveria ter merecido um cover.

Ainda integram o repertório do disco, que tem doze faixas, as músicas ‘Um Dia Falaremos de Amor’, ‘Quando o Amor Bater na Porta’, ‘Meu Eterno Amor’, ‘Que Te Faz Sonhar Linda Garota’, ‘Ao Partir Encontrarei Meu Amor’, ‘Theme Without a Name’ e ‘Sou Triste Por Te Amar’. As músicas evidenciam uma das grandes qualidades do grupo gaúcho, que era a sua qualidade autoral, em parte devido ao talento de Luiz Vagner.
Os Brasas contava com a guitarra de Luiz Vagner, que levava para a Jovem Guarda a pegada e a sonoridade da psicodelia, e que está presente em boa parte das músicas desse disco. São suas as guitarras, e também a autoria em muitos casos, de clássicos do gênero com outros artistas, como Vanusa e Os Caçulas (‘A Moça do Karmanguia Vermelho’, dele e Tom Gomes). Exceto a versão de ‘Pancho Lopes’ (original de Trini Lopez), que fez algum sucesso na época, o disco não traz nenhum outro grande sucesso, mas muitas de suas músicas ficaram na lembrança de seus fãs.

O grupo Os Brasas começou por volta de 1965, em Porto Alegre, com o nome de The Jetsons, fazendo sucesso no programa Juventude em Brasa, na TV Piratini. Em 1967, grava seu primeiro compacto: ‘Lutamos Para Viver’/’Piange Con Me’. The Jetsons, e depois Os Brasas, tinha em sua formação Luiz Vagner, Franco, Anyres Rodrigues e Eddy. Um dos precursores do rock gaúcho, o grupo mudou-se para São Paulo, onde apresentava-se em programas de televisão, como ‘Juventude e Ternura’, ‘Linha de Frente’ e ‘O Bom’.

The Fevers





















THE FEVERS - A Juventude Manda...
LONDON - LLB 1016
Beat - 1966

Faixas:
Lado A
01 - Juanita Banana
02 - Hang On Sloopy
03 - Boa Noite Meu Bem (Goodnight Irene)
04 - O Bobo
05 - O Picapau
06 - O Tijolinho

Lado B
07 - Voce Me Acende (You Turn Me On)
08 - Esqueça (Forget Him)
09 - Vou Dizer Que Não
10 - Girl
11 - O Touro Solitário (The Lonely Bull)
12 - Batman

Mutantes




















MUTANTES - Cavaleiros Negros
SOM LIVRE - 402.6039
Prog - 1976


Faixas:
Lado A
01 - Cavaleiros Negros

Lado B
02 - Tudo Bem
03 - Balada do Amigo


Cavaleiros Negros é um EP gravado pela banda brasileira Os Mutantes em 1976, durante a fase progressiva da banda, com a mesma formação de Tudo foi Feito pelo Sol.

Formação:
Sérgio Dias: Guitarra, Vocais
Túlio Mourão: Piano, Órgão, MiniMoog e Vocais
Antônio de Medeiros: Baixo e Backing Vocals.
Rui Motta: Bateria, Percussão e Backing Vocals

Bibi Vogel e Loni Rosa




















BIBI VOGUEL E LONI ROSA
POLYDOR - 2171.029
Folk - MPB - 1971



Faixas:
Lado A
01 - Sábado

Lado B
02 - Bom Dia

Nazaré Pereira




















NAZARÉ PEREIRA - Amazônia
TOP TAPE - 504.7110
Folk - 1980



Faixas:
Lado A
01 - Riacho do Navio
02 - Bahia Véia Bahia
03 - Xapuri do Amazonas
04 - Sodade, Meu Bem, Sodade
05 - Flecha de Fogo

Lado B
06 - O Baião Em Paris
07 - O Que Vier Eu Traço
08 - Forró No Escuro
09 - Nuvens Que Passam
10 - Kalu
11 - Boi Bumbá

Grupo Terra





















GRUPO TERRA
MASTER - BR 73.003
Folk - 1980



Faixas:
Lado A
01 - Minha Terra
02 - Pássaro De Prata
03 - Literatura De Cordel
04 - Mote E Vida Peregrina
05 - Noite Sertaneja
06 - Cavalhada

Lado B
07 - Morada Sertaneja
08 - Mote Bem Brasileira
09 - Estorias Do Tempo Antigo
10 - Maria Fumaça
11 - Meu Nordeste
12 - Frevo Do Gonguila

Bibi Vogel e Loni Rosa




















BIBI VOGEL E LONI ROSA
POLYDOR - 2171059
Folk - 1972


Faixas:
Lado A
01 - Kumbaya

Lado B
02 - Paixão Segundo O Amor

Os Espaciais




















OS ESPACIAIS - Na Crista Da Onda
ATONAL - AT 0010
Beat - Garage - 1967


Faixas:
Lado A
01 - Garotinha Linda
02 - É tempo De Adeus 
03 - Volta Ao Mundo 
04 - Deixei De Te Amar 
05 - Era Um Garoto Que Como Eu Amava Os Beatles E Os Rolling Stones 
06 - Canção Do Amor

Lado B 
07 - A Garota Que Me Quer 
08 - Tabu 
09 - Professor Tirano 
10 - Noites De Moscow 
11 - Não Te Darei O Meu Perdão 
12 - Walk Don't Run '64

Os Nucleares




















OS NUCLEARES
HOLLYWOOD DISCOS - HD 009
Beat - Garage - 1969



Faixas:
Lado A
01 - Você Não Quer

Lado B
02 - Não Posso Viver Sem Você


Em 1969 a Jovem Guarda, como programa de TV, agonizava. Até a metade do ano sairia do ar devido a baixa audiência e as mudanças no cenário musical, porém como estética artística duraria mais se transformando, posteriormente, em estilo rítmico dos mais importantes para nossa MPB.
Enquanto o Iê Iê Iê se fazia audível havia tempo ainda para surpresas agradáveis, como foi o caso do obscuro grupo Os Nucleares. 
O competente conjunto era integrado por Marcus Marcello Gullo, o "Pluto", Guitarra solo, Carlos Alberto Freitas Lemos, o "Mr Magoo", Baixo, João Batista Martina, o "Tinho" , Sax, Francisco Gullo, "Prof. Pardal", Órgão e Luiz Fernando, "Tico", Bateria e Ivanilton Lima Guitarra base e vocal.

Gravaram somente este LP, produzido por por Rossini Pinto com arranjos de Frankie Adriano (da dupla Tony e Frankie). Aliás, Ivanilton Lima mais tarde, nos anos 70, adotaria o pseudônimo de Michael Sullivan tendo depois integrado Os Selvagens com alguns membros remanescentes dos Nucleares. Gravaram três LPs e alguns compactos pelo selo Epic.
Michael Sullivan faria parte também do Renato e seus Blue Caps durantes algum tempo antes de explodir cantando em inglês com "My Life" em 1976. Sua consagração viria nos anos 80 como produtor musical e compositor de grande sucesso ao lado de Paulo Massadas.